Charlie Kaufman já fez paródia dos X-Men!

Antes de virar um roteirista de sucesso e ganhar um Oscar com “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”, Charlie Kaufman escrevia artigos para a revista de comédia “National Lampoon” (a mesma que deu origem ao filme “Clube dos Cafajestes”, com John Belushi).

Entre uma paródia e outra, incluindo algumas sobre o escritor Kurt Vonnegut, Kaufman também tirou sarro dos X-Men. Transformados em “The Unconscionable X-Women”, algo como “As Inconcebíveis X-Women”, o roteirista dividiu a história com o desconhecido Paul Proch, mas a arte é de Frank Springer, que desenhou para a Marvel a série da x-men Cristal (criada para pegar carona na era disco).

O legal é que o próprio Kaufman disponibilizou a história, em seu site oficial, mas não fez muito alarde e coube ao CBR garimpar a pérola. E o plot da paródia não poderia ser mais bizarro: um grupo de mutantes feministas luta contra os magnatas da industria dos filmes pornôs. Ainda bem que o Kaufman resolveu mudar de ramo…

Facebook4Pinterest0Twitter7Google+0StumbleUpon0Email